Súmula reúne evidências sobre atração e fixação dos médicos na atenção primária à saúde no Brasil na perspectiva do PMM

Com o objetivo de auxiliar o gestor na análise das evidências do Programa Mais Médicos (PMM), a Rede de Pesquisa APS convidou alguns integrantes de seu comitê coordenador a escreverem sobre o tema. Serão cinco artigos, entre os meses de agosto a dezembro, que serão publicados na Plataforma do PMM e enviado a todos os cadastrados. O primeiro é o artigo Programa Mais Médicos e Fortalecimento da Atenção Primária à Saúde: Aspectos Relacionados à Atração e Fixação de Profissionais Médicos que visa oferecer aos gestores evidências sobre atração e fixação dos médicos na atenção primária à saúde no Brasil na perspectiva do Programa Mais Médicos (PMM). Trata-se de material para subsidio de eventuais decisões no âmbito de políticas públicas de provimento profissional e comprova que o PMM cumpriu sua proposição inicial de provimento emergencial em áreas críticas de permanência e fixação de médicos, beneficiando parcela significativa da população brasileira.

A Plataforma de Conhecimento Programa Mais Médicos (PMM) – uma iniciativa conjunta da Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde, vinculada à Abrasco, e da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), surge do reconhecimento da importância do PMM como uma política, complexa e abrangente, que se insere no processo histórico de construção do Sistema Único de Saúde (SUS).

Acesse o conteúdo da súmula aqui Súmula Executiva_Atração e Fixação (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *